terça-feira, 9 de agosto de 2016

9º Dia da Novena à Virgem da Ternura


Oração de invocação ao Espírito Santo

Vinde, Espírito Santo, vinde,
por meio da poderosa intercessão do Imaculado coração de Maria,
vossa amadíssima esposa.

Leitura – Apocalipse 12, 1-9 (A mulher vestida de sol)

A mulher vestida de sol1“Um sinal grandioso apareceu no céu: uma Mulher vestida com o sol, tendo a lua sob os pés e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas; 2estava grávida e gritava, entre as dores do parto, atormentada para dar à luz. 3Apareceu então outro sinal no céu: um grande Dragão, cor de fogo, com sete cabeças e dez chifres e sobre as cabeças sete diademas;4sua cauda arrastava um terço das estrelas do céu, lançando-as para a terra. O Dragão colocou-se diante da Mulher que estava para dar à luz, a fim de lhe devorar o filho, tão logo nascesse. 5Ela deu à luz um filho, um varão, que irá reger todas as nações com um cetro de ferro. Seu filho, porém, foi arrebatado para junto de Deus e de seu trono, 6e a Mulher fugiu para o deserto, onde Deus lhe havia preparado um lugar em que fosse alimentada por mil duzentos e sessenta dias. 7Houve então uma batalha no céu: Miguel e seus Anjos guerrearam contra o Dragão. O Dragão batalhou, juntamente com seus Anjos, 8mas foi derrotado, e não se encontrou mais um lugar para eles no céu. 9Foi expulso o grande Dragão, a antiga serpente, o chamado Diabo ou Satanás, sedutor de toda a terra habitada — foi expulso para a terra, e seus Anjos foram expulsos com ele”.

Meditação

A mulher vestida de sol é aquela que é transfigurada por excelência, porque ela reflete o Sol da Justiça que é o próprio Cristo. Os padres da Igreja sempre viram na imagem desta mulher a Virgem Maria; e na imagem do dragão, o inimigo de Deus, que, não podendo atacar diretamente a Deus, por ele ser infinitamente superior, ataca os filhos de Deus.

A presença da mulher vestida de sol no texto do Apocalipse está envolvida nessa grande batalha entre as forças do mal e os anjos de Deus. Ela é aquela na qual o inimigo de Deus nunca conseguiu nenhuma vitória, nem mesmo o mais leve consentimento às suas tentações. Por isso, a Virgem Maria é uma defesa segura contra as tentações do inimigo na nossa vida.

(se a novena for feita pessoalmente, faça um momento de silêncio para meditar)
(se for feita em grupo, é o momento para a partilha)

Oração do dia:

Ó Virgem da Ternura, tu que és a mulher vestida de sol, ajuda-nos a vencer todos as ciladas e tentações do inimigo, para que a luz de Cristo, que é o Sol da Justiça, expulse dos nossos corações as trevas do erro e do engano. Amém. 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo…

Consagração à Virgem da Ternura

Consagro-me a ti, ó Virgem da Ternura, tu que és a amada filha de Deus Pai, obediente esposa do Espírito Santo e mãe amorosa de Jesus. A tua íntima relação com a Trindade santa te transfigurou num grau de beleza, doçura e ternura jamais alcançados por nenhuma outra criatura do céu ou da terra. 
Ó Virgem da Ternura, tu que és bela, atrai meus sentidos, afetos e faculdades para Jesus para que assim eu possa conhecê-Lo como “Caminho, Verdade e Vida”. 
Ó Virgem da Ternura, tu que foste plenamente dócil a Deus, ensina-me o caminho da obediência ao teu Filho Jesus, para que eu possa dizer como São Pedro: “a quem iremos, só tu tens palavras de vida eterna”. 
Ó Virgem da Ternura, tu que, ao conviver íntima e profundamente com teu Filho Jesus, te tornaste toda terna, ensina-me o caminho da intimidade com Ele, para que eu também possa dizer como São Paulo: “já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim”.
Por fim, ó mãe bela, doce e terna, como filho confiante na tua união com teu amado Jesus, peço a graça.... (pedido pessoal), sabendo que serei atendido conforme a vontade do Pai, que me ama e sabe o que é melhor para mim. Amém.

Pai nosso...

Ave-Maria…

Reze conosco a os outros dias da Novena:

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

8º Dia da Novena à Virgem da Ternura


Oração de invocação ao Espírito Santo –   Rei Celeste, Espírito consolador

Rei celeste, Espírito Consolador, Espírito de Verdade, presente em toda parte e a tudo cumulando, tesouro de todo bem e fonte da Vida, vinde, habitai em nós (2x), purificai-nos e salvai-nos, ó Vós, que sois bom!

Leitura – Atos dos Apóstolos 1, 12-14  

Preparação para Pentecostes12“Então, do monte chamado das Oliveiras, voltaram a Jerusalém. A distância é pequena: a de uma caminhada de sábado. 13Tendo entrado na cidade, subiram à sala superior, onde costumavam ficar. Eram Pedro e João, Tiago e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, o Zelota; e Judas, filho de Tiago. 14Todos estes, unânimes, perseveravam na oração com algumas mulheres, entre as quais Maria, a mãe de Jesus, e com os irmãos dele”.

Meditação

Nos dias que antecederam a festa de Pentecostes, após a ressurreição de Jesus, os apóstolos perseveravam unidos em oração, mostrando o caminho para todos aqueles que desejam ser cheios do Espírito Santo. É o Espírito Santo que é capaz de nos transfigurar em Cristo e tornar toda a obra apostólica da Igreja realmente eficaz.

No meio dos apóstolos estava aquela que foi a criatura mais dócil ao Espírito Santo, a ponto de gerar Jesus no seu ser. Por isso, todos aqueles que realmente desejam ser dóceis a este Espírito, precisam desenvolver uma autêntica piedade mariana.

(se a novena for feita pessoalmente, faça um momento de silêncio para meditar)
(se for feita em grupo, é o momento para a partilha)

Oração do dia:

Ó Virgem da Ternura, tu que estiveste com os apóstolos no Cenáculo, em Pentecostes, sendo aquela que, pela oração e humildade, atraiu o Espírito Santo sobre eles (para os apóstolos), vos pedimos: intercede por nós para que a força, a luz e a unção do Espírito Santo venham sobre nós, para que, cheios de sua graça, possamos viver em plenitude nossa vocação de filhos de Deus, isto é, sermos transfigurados.  Amém. 
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo…

Consagração à Virgem da Ternura

Consagro-me a ti, ó Virgem da Ternura, tu que és a amada filha de Deus Pai, obediente esposa do Espírito Santo e mãe amorosa de Jesus. A tua íntima relação com a Trindade santa te transfigurou num grau de beleza, doçura e ternura jamais alcançados por nenhuma outra criatura do céu ou da terra. 
Ó Virgem da Ternura, tu que és bela, atrai meus sentidos, afetos e faculdades para Jesus para que assim eu possa conhecê-Lo como “Caminho, Verdade e Vida”. 
Ó Virgem da Ternura, tu que foste plenamente dócil a Deus, ensina-me o caminho da obediência ao teu Filho Jesus, para que eu possa dizer como São Pedro: “a quem iremos, só tu tens palavras de vida eterna”. 
Ó Virgem da Ternura, tu que, ao conviver íntima e profundamente com teu Filho Jesus, te tornaste toda terna, ensina-me o caminho da intimidade com Ele, para que eu também possa dizer como São Paulo: “já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim”.
Por fim, ó mãe bela, doce e terna, como filho confiante na tua união com teu amado Jesus, peço a graça.... (pedido pessoal), sabendo que serei atendido conforme a vontade do Pai, que me ama e sabe o que é melhor para mim. Amém.

Pai nosso...

Ave-Maria…

Reze conosco a os outros dias da Novena:

domingo, 7 de agosto de 2016

7º Dia da Novena à Virgem da Ternura


Oração de invocação ao Espírito Santo – Sequência do Espírito Santo

Vem ó Santo Espírito,
Manda do céu a todos nós
Um raio da tua luz, um raio de luz
Vem ó Pai do pobres,
Vem, doador de tantos dons,
Luz de cada coração, dos corações.

1. Consolador perfeito,
Hóspede doce da alma,
Suave alegria, suave alegria.
Na fadiga, repouso;
No calor, restauro;
Em todo pranto, conforto,
Em todo pranto, conforto.
Vem ó Santo Espírito…
2. Luz beatíssima,
Invade os nossos corações.
Sem a tua força, nada,
Nada existe no homem.
Lava o que é impuro,
Aquece o que é frio,
Eleva o decaído,
Eleva o decaído.
Vem ó Santo Espírito…
3. Doa a todos os teus fiéis,
Que confiam sempre em ti,
Os teus santos dons, os teus santos dons. Doa virtude e prêmio,
Doa morte santa, Doa alegria eterna, Doa alegria eterna.
Vem ó Santo Espírito...

Leitura – João 19, 25-30

Jesus e sua mãe25“Perto da cruz de Jesus, permaneciam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena. 26Jesus, então, vendo sua mãe e, perto dela, o discípulo a quem amava, disse à sua mãe: "Mulher, eis o teu filho!" 27Depois disse ao discípulo: "Eis a tua mãe!" E a partir dessa hora, o discípulo a recebeu em sua casa.
A morte de Jesus28Depois, sabendo Jesus que tudo estava consumado, disse, para que se cumprisse a Escritura até o fim: "Tenho sede!" 29Estava ali um vaso cheio de vinagre. Fixando, então, uma esponja embebida de vinagre num ramo de hissopo, levaram-na à sua boca. 30Quando Jesus tomou o vinagre, disse: "Está consumado!" E, inclinando a cabeça, entregou o espírito”.

Meditação

Ao contemplarmos a morte de Jesus na cruz, mergulhamos no insondável amor de Deus por nós, amor que jamais conseguiremos medir e experimentar profundamente, nem mesmo após a nossa morte, na eternidade. Esse amor é como um grande oceano, que nossa vista nunca consegue alcançar o outro lado, mas podemos mergulhar nesse oceano e, assim, ficarmos completamente envolvidos por ele. Seguindo esse exemplo, podemos fazer o mesmo com o amor de Deus: mergulhar nesse oceano infinito de amor pela fé e nos deixar envolver completamente por ele.

Na cruz, momento maior da manifestação do amor de Deus, Jesus entrega sua mãe ao discípulos amado, aquele que na última ceia estava recostado no peito de Jesus. E o texto do evangelho nos diz: “e, desde esse momento, aquele discípulos recebeu-a em sua casa” (Jo 19,27). Assim, também hoje, possamos receber a Virgem Maria na casa do nosso coração, para que ela seja para nós a Mãe da Ternura.

(se a novena for feita pessoalmente, faça um momento de silêncio para meditar)
(se for feita em grupo, é o momento para a partilha)

Oração do dia:

Ó Virgem da Ternura, tu que permaneceste de pé ao lado do teu Filho quando ele dava sua vida pela humanidade, ajuda-nos a também ficarmos de pé, por meio das virtudes da fé, esperança e caridade, diante dos desafios, dores e sofrimentos da nossa vida, para que assim também possamos possuir em nossas vidas a virtude da ternura. Amém. 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo…

Consagração à Virgem da Ternura

Consagro-me a ti, ó Virgem da Ternura, tu que és a amada filha de Deus Pai, obediente esposa do Espírito Santo e mãe amorosa de Jesus. A tua íntima relação com a Trindade santa te transfigurou num grau de beleza, doçura e ternura jamais alcançados por nenhuma outra criatura do céu ou da terra. 
Ó Virgem da Ternura, tu que és bela, atrai meus sentidos, afetos e faculdades para Jesus para que assim eu possa conhecê-Lo como “Caminho, Verdade e Vida”. 
Ó Virgem da Ternura, tu que foste plenamente dócil a Deus, ensina-me o caminho da obediência ao teu Filho Jesus, para que eu possa dizer como São Pedro: “a quem iremos, só tu tens palavras de vida eterna”. 
Ó Virgem da Ternura, tu que, ao conviver íntima e profundamente com teu Filho Jesus, te tornaste toda terna, ensina-me o caminho da intimidade com Ele, para que eu também possa dizer como São Paulo: “já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim”.
Por fim, ó mãe bela, doce e terna, como filho confiante na tua união com teu amado Jesus, peço a graça.... (pedido pessoal), sabendo que serei atendido conforme a vontade do Pai, que me ama e sabe o que é melhor para mim. Amém.

Pai nosso...

Ave-Maria…

Reze conosco a os outros dias da Novena: