sábado, 24 de dezembro de 2011

Feliz Natal 2011



“O anjo então lhes disse: “Não tenhais medo! Eu vos anuncio uma grande alegria, que será também a de todo o povo: hoje, na cidade de Davi, nasceu para vós o Salvador, que é o Cristo Senhor!”

O Natal é Jesus! Quando esquecemos ou negligenciamos esta verdade, e deixamos de compreender que no Natal Deus veio ao encontro da humanidade, movido pelo seu grande amor para conosco, esta festa se torna um momento de sentimentalismo, que, no final, nos traz nostalgia e tristeza, pelas lembranças de natais passados e pessoas que já se foram.
Para muitas pessoas o Natal é uma festa triste. E pode tornar-se triste também para cada um de nós, quando deixamos que coisas secundárias, como: os presentes, as reuniões familiares e as confraternizações ocupem o lugar central desta festa. Porque, apesar de tudo isso poder ser complemento secundário do Natal, quando ocupam o lugar central, mais cedo ou mais tarde, serão motivo de tristeza.
A alegria do Natal é Deus que se faz homem na pessoa de Jesus. Assim, a alegria do Natal é Jesus!
É isto que desejo neste Natal: que o seu coração seja uma manjedoura, onde o menino Jesus possa nascer, e, junto com Ele, a verdadeira alegria.

Feliz Natal!

Para motivar esta alegria, coloco abaixo o solene anúncio das calendas do Natal:

Anunciamo-vos, irmãos, uma boa notícia,
uma grande alegria para todo o povo: escutai-a com o coração alegre.
Tinham passado milhares e milhares de anos
desde que, no princípio, Deus criou o céu e a terra e fez o homem à sua imagem e semelhança: e milhares e milhares de anos desde que cessou o dilúvio e o Altíssimo fez resplandecer o arco-íris, sinal de aliança e de paz. Cerca de dois mil anos depois que Abraão,
nosso pai na fé, deixou a sua pátria;
mil duzentos e cinquenta anos depois que os israelitas, guiados por Moisés, saíram do Egito; mil anos depois da unção de Davi como rei; no ano 752 da fundação de Roma:
no ano 42 do império de Cesar Augusto,
enquanto sobre toda a terra reinava a paz, há 2011 anos, em Belém de Judá, humilde povoação de Israel, ocupado então pelos romanos, numa gruta, porque não tinham lugar na pousada de Maria Virgem, esposa de José, da casa e família de David,
Nasceu Jesus, Deus eterno, Filho do eterno Pai e homem verdadeiro, chamado Messias e Cristo, que é o salvador que a humanidade esperava.

São os votos de Cesar Augusto e Marjorie
Movimento da Transfiguração

2 comentários:

Otmar disse...

Realmente não devemos deixar de lembrar, e sempre, que JESUS CRISTO nasceu por nós, devemos buscar forças NELE, para que possamos, após o nascimento crescer e evoluir nosso espírito nos passos de CRISTO.

Ivelise Maria disse...

Feliz Natal a todos do grupo do Movimento da Transfiguração!

Sim, Antes o Natal tinha um significado diferente. Na infância - um construido pela mídia, e na adolescência - outro de estar com os amigos...
Depois que o Natal passou a significar que Jesus nasce para nos salvar ... O Natal passa a ser esperança, fé em Cristo que veio para morar em nossos corações e nos ensinar o verdadeiro significado do AMOR....