sábado, 30 de julho de 2011

Festa da Transfiguração do Senhor - A Igreja Oriental 1ª parte

No dia 6 de agosto a Igreja celebra a Festa da Transfiguração do Senhor. Esta é também a Festa do Movimento da Transfiguração e, por isso, nestes dias que antecedem está grande celebração, teremos no blog várias postagens que nos ajudarão a mergulhar neste grande mistério onde Jesus revelou sua identidade de Filho de Deus a Pedro, Tiago e João, no Monte Tabor (cf. Mt 17, 1-9; Mc 9, 2-10 e Lc 9, 28-36).
A Festa da Transfiguração no oriente bizantino, também é celebrada no dia 6 de agosto. É uma das doze festas da liturgia bizantina. Vejamos abaixo um comentário do ícone da Transfiguração, como é visto na tradição oriental:


“O ícone da Transfiguração fica exposto, no meio da igreja, à veneração dos fiéis, desde a tarde do dia 5 de agosto até 13 do mesmo mês. O complexo pictórico resume bem o conjunto da festa conforme o esquema que nos foi transmitido por séculos. Ao centro domina a figura do Cristo em vestes brancas. Raios de luz se desprendem da sua pessoa e se espalham em todas as direções rumo à extremidade de um círculo, símbolo da verdade.

Ele está no alto de um monte e aos lados, sobre dois picos rochosos, admiramos as figuras de Moisés e Elias, ligeiramente inclinados para o Salvador, com o qual conversam, representantes respectivamente da Lei e dos Profetas, que têm na pessoa do Salvador o seu cumprimento. Embaixo, a cena é mais movimentada e apresenta figuras do Novo Testamento: os três discípulos escolhidos para subir ao monte estão em atitude de grande espanto. À direita (de quem olha), Pedro, de joelhos, com uma das mãos se apóia no chão e com a outra aponta para o divino fulgor que observa de esguelha. Tiago e João estão caídos no chão e cobrem os olhos ofuscados pela luminosa teofania. A fraqueza humana perante o evento excepcional, por contraste, ressalta a paz transcendente e a divina segurança de Jesus, centro de tudo.
A tradição oriental reconhece na Transfiguração uma nova manifestação trinitária após a ocorrida no batismo de Jesus, porque no Tabor ‘a voz do Pai dá testemunho, o Espírito ilumina e o Filho recebe e manifesta a palavra e a luz’ ”.

Postagens que podem lhe interessar:

Nenhum comentário: